30 de julho de 2014

Um milhão de visualizações para flores em crochê no youtube

Flores em Crochê

Edinir-Croche Flores


Eu não conhecia a arte do crochê mas quando eu bati os olhos em uma mini flor foi amor à primeira vista.
A mini flor era um adorno de uma blusa de trico e eu rodei dias e meses procurando uma senhora que dava aulas de trico (já que naquela época, onde eu morava não exisitia revistas, internet, escolas, enfim: nada) e a encontrei. 
Combinado o dia da aula, compareci com a lã e as agulhas e aquele blusa era enorme, não tinha fim e eu quisera aprender a mini flor mas ela terminantemente me disse que a flor seria a ultima a ser aprendida.
Quando eu (com muito esforço) tecia já na metade da blusa, a ansiedade foi tanta que eu me arrisquei a perguntar delicadamente à ela se ela verdadeiramente sabia fazer a flor e ela me olhou desconfiadamente dizendo que sim.
Respirei aliviada e continuei tricotando dia e noite e até que num dia muito especial, aprendi as mini-flores para adornar a minha blusa de trico já pronta.
O trabalho ficou lindo e olhando fixadamente para a minha mini-flor perguntei se a professoria me ensinaria outras flores e ela disse que não pois a praia dela era apenas o trico e aí foi a despedida,  pois eu estava verdadeiramente apaixonada pelo croche sendo que entre o trico e eu salvou-se uma amizade mas o amor era para o croche.
Passei muitos anos naquele deserto admirando diariamente o meu unico modelo de mini flor pois era uma paixão e estava guardada no peito.
Os anos se passaram, as coisas se mudaram de lugar mas eu nunca me separei da agulha, emendando fios, unindo pontos e criando  lindas flores de croche.
Os meus filhos dizem que: eu não consigo dormir sem fazer uma florzinha risos.
Costumo sempre dizer que: no passado eu só fazia flores, no presente eu faço ainda algumas flores e que no futuro, se Deus permitir, nunca faltará flores.

 

Obrigada a todas pela companhia!
novo blog
loja

Um comentário:

Obrigada pela sua amizade e companhia!